Calmante oferece proteção cardiovascular durante procedimentos cirúrgicos

  • Home
  • profissionais
  • Calmante oferece proteção cardiovascular durante procedimentos cirúrgicos

Calmante oferece proteção cardiovascular durante procedimentos cirúrgicos

Calmante oferece proteção cardiovascular durante procedimentos cirúrgicos Para muita gente, sentar-se na cadeira do dentista gera medo, principalmente quando o procedimento envolve algum tipo de cirurgia. Pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo e das Faculdades Integradas Espirito-Santenses verificaram que o uso de Diazepam como ansiolítico pré-cirúrgico em pacientes saudáveis demonstrou papel protetor cardiovascular durante os procedimentos cirúrgicos de exodontias, mantendo os valores pressóricos, sistólicos e diastólicos constantes até o fim do procedimento. O medo de dentista é muito comum. Uso de Diazepam pode evitar as alterações dos níveis glicêmicos e da pressão arterial que a ansiedade causa. Dessa forma, o uso do Diazepam como medicação pré-cirúrgica sugeriu ação protetora cardiovascular, sendo indicado para evitar as alterações dos níveis glicêmicos e da pressão arterial que o medo e a ansiedade podem causam nos indivíduos. De acordo com os pesquisadores, o Diazepam foi o fármaco eleito pela facilidade de administração, margem de segurança clínica e sua atividade ansiolítica eficiente, com meia-vida suficiente para o tempo de realização do atendimento, além de possuir baixa toxicidade e efeitos colaterais que não são capazes de debilitar os pacientes. Fonte: Dental Press