Quando devo utilizar mini-implantes no tratamento dos meus pacientes?

  • Home
  • profissionais
  • Quando devo utilizar mini-implantes no tratamento dos meus pacientes?
mini-implantes

Quando devo utilizar mini-implantes no tratamento dos meus pacientes?

Utilizar mini-implantes no tratamento dos pacientes é uma das possibilidades para que se evite a movimentação indesejada dos dentes durante um tratamento ortodôntico. 

Movimentações ortodônticas ocorrem a partir de forças aplicadas nos dentes, gerando uma reação de movimentação de mesma intensidade, mas no sentido oposto, que na maioria das vezes é indesejada.

Esses movimentos indesejados podem ser controlados ou evitados com um bom planejamento de mecânicas de ancoragem esquelética, que utiliza pontos de resistência para essas movimentações.

Em casos simples, esses pontos podem ser encontrados nos próprios dentes, mas para casos mais complexos é necessário recorrer a mecânicas acessórias.

Quer saber mais a respeito? Leia o nosso texto e saiba mais! Boa leitura!

O que são mini-implantes ortodônticos?

Mini-implantes ortodônticos são uma ótima opção para facilitar o tratamento e reduzir a necessidade de cooperação do paciente, quando comparado com outros acessórios de ancoragem.

De acordo com a necessidade de cada tratamento, eles podem ser instalados em diversas posições em uma cirurgia rápida e pouco invasiva, que não necessita de cortes e nem de sutura.

Esses mini-implantes são aptos a receber carga imediata, pois sua estabilidade se dá principalmente por retenção mecânica e não por osseointegração como implantes convencionais.

Mas afinal, quando devo usar o mini-implante?

Como dito anteriormente, não é em todo caso que há necessidade do uso de acessórios para ancoragem.

O mini-implante será utilizado em tratamentos complexos que houver a necessidade de uma ancoragem máxima, permitindo movimentações mais específicas em um ou mais dentes, sem interferir na posição dos demais.

As principais recomendações são para:

  • Corrigir a posição da linha média;
  • Fechamento de diastemas muito grandes;
  • Extrusão, intrusão ou verticalização de molares;
  • Distalização de molares superiores;
  • Mesialização ou vestibularização de molares inferiores;
  • Intrusão de dentes anteriores;
  • Tracionamento de caninos impactados;
  • Melhorar alterações na mordida, principalmente em pacientes que relatam dor;
  • Pacientes com muitos dentes ausentes, dificultando a ancoragem neles.

Sem a utilização de mini-implantes essas movimentações levariam muito tempo para ocorrer e muitas vezes não chegariam em resultados satisfatórios, por serem muito complexas para a mecânica ortodôntica convencional.

A percepção do paciente acerca do tratamento é um fator muito positivo, pois ele perceberá os resultados mais rapidamente, além de ser mais confortável e estético que outras possibilidades como os acessórios extrabucais.

Dessa forma, com o uso dos mini-implantes, conseguimos reduzir o tempo dos tratamentos complexos e ainda aumentar a previsibilidade de sucesso.

O ICO Campinas está preocupada em te ajudar a se diferenciar no mercado e proporcionar aos seus pacientes tratamentos da mais alta qualidade e com as novidades da ortodontia contemporânea.

Por isso, desenvolvemos o nosso curso de Especialização em Ortodontia com essa e outras temáticas em parceria com a ABO Campinas.

Idealizado por professores altamente qualificados, com uma metodologia baseada em proporcionar o aprendizado de técnicas fáceis de aplicar no dia a dia e com resultados eficientes, trazendo prosperidade para a sua vida profissional!

Garanta sua vaga.

mini-implantes